30 de abr de 2012

29 de abr de 2012

O passado é logo ali


De que valeu a luta travada no decorrer do tempo? Refletia o homem soturno. Era só isso que tinha a vida sonhada? Pensava nos muitos sacrifícios que tivera, renúncias impensadas, para esse viver oprimido. Viu apenas que percorreu o caminho errado; seus olhos ficaram opacos na altura em que se bifurcavam as estradas, encruzilhada de enganos. 
Chegou até aqui, mas deixou almas marcadas pela dor; deixou saudade oprimindo peitos plenos de amor.
Como unir esta solidão aos risos que ficaram no leito da estrada palmilhada? Como seria bom o retorno à inocência, infância perdida.
Seus olhos então refletiriam o brilho que não soube ver. Poderia voltar a sentir o perfume das macieiras no verde pomar amadurecendo; ouvir a suave melodia das águas do riacho escondendo-se entre os arbustos; ver a lua brilhar na noite por entre as árvores; árvores que durante o dia acolhiam o menino protegendo-o do sol e da chuva; cama para o descanso nas tardes quentes que lhe aquecia o coração; mãe-árvore enfeitando com a sombra de seus ramos o frágil corpo do menino envolto em sonhos; som do vento e das cigarras transportando-o para mundos inimagináveis.

É salvo pelo passado, que é logo ali.


Pedro Luso de Carvalho





27 de abr de 2012

Órfã na janela


Estou com saudades de Deus,

uma saudade tão funda que me seca.

Estou como palha e nada me conforta.

O amor hoje está tão pobre, tem gripe

meu hálito não está para salões.

Fico em casa esperando Deus,

cavacando a unha, fungando meu nariz choroso,

querendo um pôster dele, no meu quarto,

gostando igual antigamente

da palavra crepúsculo.

Que o mundo é desterro eu toda vida soube.

Quando o sol vai-se embora é pra casa de Deus que vai

pra casa onde está meu pai.


25 de abr de 2012



Eu vou ter bastante tempo pra pensar em tudo.
Vou ter tempo de chorar, relembrar, sentir saudades, rever atitudes, lamentar e, quem sabe, desapegar-me.
Mas eu já disse: 'está tudo sob controle maior'.

Bilhete para Deus

Meu Deus,

que esse desconforto social passe logo.

Não quero mais esse sofrimento, essa angústia horrorosa que me consome o fôlego por coisas passageiras, no entanto necessárias.

Quero alívio. Alívio traze-me à alma, que revigorada encontra gozo em ti.


23 de abr de 2012

Recomeçar


"Com o tempo, você analisa que abrir mão de algo muito importante, só se faz quando se tem um motivo maior que esse algo: seja um propósito, uma crença, um valor íntimo, uma obstinação qualquer que te oriente para essa escolha que já se sabia tão dolorosa. É um sacrifício voluntário por algo mais pleno, mais grandioso em Beleza. E, nestas análises, você descobre outras perdas que são positivas: perde-se também a ansiedade, a insegurança e a ilusão. E você aprende a recomeçar agradecendo por vitórias tão pequenininhas… Como quando é noite e antes de dormir você se enche de gratidão: ‘Deus, obrigada, porque é noite e eu tenho o sono… Que venha um sonho novo, então’."

Marla de Queiroz

22 de abr de 2012

21 de abr de 2012

Que seja infinito



Na verdade anseio que as flores deixadas por mim sejam infinitas...

Que seja infinito o que prosperou das palavras por mim deixadas aqui...



Abraços aos meus seguidores!

20 de abr de 2012

Abrindo a caixinha de música


Ouçam nesta noite de sexta-feira a nova e belíssima música de Leonardo Gonçalves: "Novo" que tem a seguinte letra:

Elevo os olhos para o monte de onde meu socorro vem
A esperança pressupunha a espera logo venho ver
A palavra iluminará, o caminho estreito andar
A promessa não falhará

Mas a meia noite o céu se abre, no horizonte
A luz que enche toda terra, é o rei.
Acorda os que dormem no senhor,
O choro torna-se indolor e todo olho o vê...
Se a morte me silenciar, ainda não é o fim, minha fé
Não vê um cristo morto, mas que ressurgiu.

E a canção do cordeiro vai ressoar como um alto mar
(Justos são os teus caminhos Pai)

Mas a meia noite o céu se abre, no horizonte
A luz que enche toda terra, é o rei.
Acorda os que dormem no senhor,
O choro torna-se em louvor e todo olho o vê,
Vê cordeiro de Deus está em seu santo trono,
Veja tudo se fez novo...

Em Salmos 121 está descrito o seguinte cântico: 
"Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro.O meu socorro vem do SENHOR que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. O sol não te molestará de dia nem a lua de noite. O SENHOR te guardará de todo o mal; guardará a tua alma. O SENHOR guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre."

Acreditemos nestas palavras, pois o Senhor realmente não falha!


18 de abr de 2012

Momento nostálgico


Eu morro de saudades do tempo em que tudo era diversão e os motivos das lágrimas eram os brinquedos que eu não ganhava.
Saudades me matam, das pessoas que me faziam sorrir de verdade!

17 de abr de 2012

Pequenas reflexões

Eu tenho que lembrar, e aceitar...


... que, por mais que os anos passem e as coisas se tornem mais difíceis, a gente só tem oportunidade de viver cada segundo uma única vez.
Lágrimas sempre estarão presentes, mas cada uma terá um motivo diferente.
Os sorrisos são muito bem vindos a todo momento, mas cada um trás consigo histórias únicas e, por serem únicas, especiais.
Não devo nunca chorar por não ter o poder de fazer o tempo voltar ou parar... porque tudo que vivi foi árduo, foi lindo e me ensinou a ser o que hoje sou e ter a maturidade para coisas que outrora não tinha.
Enfim, que venha mais, que venha tudo...
Quero aproveitar cada segundo!


Tenho mesmo é que largar de ser boba de uma vez por todas!

16 de abr de 2012

Me amo!


Sabe que pensar, às vezes, em minhas peculiaridades me fortifica?
É baby, pensando muito bem o que me destrói é saber que você nem ninguém tem a capacidade de me entender e de apreciar tão profundamente o que eu tenho de melhor. Isso só eu e Deus.
No meu jeito há falhas, eu sei, mas venhamos e convenhamos que nesse mundo falta gente assim que nem eu.
Você pode até achar que é orgulho ou vaidade, mas meu bem, quem é que vai me colocar lá em cima a não ser eu mesma?
Tenho 22 anos de vida e, pode parecer pouco, mas já passei por muitas situações que exigiram de mim força, coragem, superação e fé, muita fé. Sei muito bem o valor que tenho no peito e por mais que não transpasse na aparência, ou que os outros não acreditem, o que isso importa? O que isso altera? Nada. O que guardo aqui ninguém precisa tirar a prova.
Ah, dane-se os outros! Maldito homem que confia no homem!
Quero mais é ter momentos especiais comigo mesma e me valorizar independente do que os outros pensem e peço a Deus a mudança daquilo que me leva pra baixo e do que me afasta de sua presença e que preserve em mim a pessoa sensível, humilde e doce que eu sou.

:)

15 de abr de 2012

Deus me ouça

"Que Deus ouça as preces que lhe dirijo quando amanheço revigorada e anoiteço tranquila. Quando consigo manter uma relação mais gentil com as lembranças difíceis que, às vezes, ainda me assombram. Quando posso desfrutar do contentamento mesmo sabendo que existem problemas que aguardam eu me entender com eles. Quando não peço nada além de força para prosseguir, por acreditar que, fortalecida, eu posso o que quiser, em Deus."


Ana Jácomo

14 de abr de 2012

Abrindo a caixinha de música


Noite colorida

♪ Outro dia sentada na beira da estrada
Além do horizonte avistei o infinito
Muito triste era o céu quando o sol o deixava
Um oceano de estrelas formou-se em segundos

Rimei alguns versos pensando na vida
E então viajei com meus olhos fechados
Achei arco-íris no céu todo escuro
Rasguei alguns sonhos por mim enterrados
Encontrei muitos outros no céu colorido

Senti muita paz entre o céu e a terra
Passei a entender que a noite é preciso
Olhando pra dentro de mim percebia
Somente depois do chorar vem o riso

Tentei segurar um pouquinho do vento
Amarga tristeza então eu senti
Pouco era capaz nem sequer eu de vê-lo
Às trevas da noite rendi meus anseios
Ainda mais fraca então eu me senti

Trazendo comigo a angústia das trevas
Um simples humano em mim me encontrava
Depois de tentar e tentar muitas vezes
Olhei para cima e Jesus me olhava

Nasceu novamente o sol do conforto
As trevas não eram eternas pra mim
A noite e o dia não são mais barreiras
Daquele momento em diante eu vivi ♫

Alessandra Samadello


13 de abr de 2012

"Quando Cristo disse 'sede perfeitos', quis dizer isso mesmo. Ele quis dizer que temos que entrar no tratamento completo. Pode ser duro para um ovo se transformar em um pássaro; seria uma visão deveras divertida, e muito mais dificil, tentar voar enquanto se ainda é um ovo. Hoje nós somos como ovos. Mas você não pode se contentar em ser um ovo comum, ainda que decente. Ou sua casca se rompe ou você apodrecerá."

C. S. Lewis


9 de abr de 2012

Minha intenção


"Depois de tantas buscas, encontros, desencontros, acho que a minha mais sincera intenção é me sentir confortável, o máximo que eu puder, estando na minha própria pele. É me sentir confortável, mesmo acessando, vez ou outra, lugares da memória que eu adoraria inacessíveis, tristezas que não cicatrizaram, padrões que eu ainda não soube transformar, embora continue me empenhando para conseguir."

Ana Jácomo

8 de abr de 2012


Às vezes as coisas não precisam ser tão certas quanto a gente imagina...
A certeza pode nos enganar e, às vezes, o que pensamos ser uma princesa é o capeta tentando matar o que Deus planejou.

#pensenisso

7 de abr de 2012

Cinco minutos

"Alguma coisa incrível precisa acontecer logo, enquanto há tempo. Não suportarei esperar mais a eternidade desses próximos cinco minutos."

Marla de Queiroz


5 de abr de 2012

Que Deus me abençoe, me proteja e me ilumine. Na fé me conduza, na vida me promova e tenha misericórdia de mim! Amém.


4 de abr de 2012


"E minha alma, sem luz nem tenda,
passa errante, na noite má,
à procura de quem me entenda
e de quem me consolará..."

Cecília Meireles

3 de abr de 2012

O verme na flor, gozo renova

Se te censuram, não é teu defeito,
Porque a injúria os mais belos pretende; 
Da graça o ornamento é vão, suspeito,
Corvo a sujar o céu que mais esplende.
Enquanto fores bom, a injúria prova
Que tens valor, que o tempo te venera,
Pois o Verme na flor gozo renova,
E em ti irrompe a mais pura primavera.
Da infância os maus tempos pular soubeste,
Vencendo o assalto ou do assalto distante;
Mas não penses achar vantagem neste
Fado, que a inveja alarga, é incessante.
Se a ti nada demanda de suspeita,
És reino a que o coração se sujeita.

William Shakespeare

2 de abr de 2012

Uma dose de Marla


"Deslizo pelos dias, tantas comemorações, minha vida esse raio de sol que não cessa. Já escrevi muita coisa triste, já perdi tanta coisa com resignação e até com destreza.
Agora nem me apavoro, toda dor é só um sopro em meio ao que vislumbro de possibilidades. Criatividade, eu aprendi, é inventar alternativas quando não se tinha. Onde não se via. Por enquanto, só o que tem me preocupado são as novas regras ortográficas, já que palavras compõem meus fatos, meus sonhos, minhas narrativas. E se eram os hífens que me separavam do meu amor-próprio, tenho tudo que preciso agora: tanto autorrespeito."

Marla de Queiroz

1 de abr de 2012

Quando abri meu Serenata

Hoje, quando abri meu Serenata, a primeira mensagem dizia:
- Nosso problema é a distância. Olha só como sua boca está muito longe da minha.

Quem disse que sonhar não custa nada?

U.Porto

Sonhar custa e muito. Custa o preço de muitas lágrimas, de muitas tristezas. Tristezas sim, porque ver que o tempo passa e que você não tem poder suficiente pra alcançar aquele sonho dói fundo na alma. Escancara pra o seu mundo uma fragilidade dominante e que ninguém queria ver. 
Sonhar custa o desdém das pessoas em que você esperava receber entusiasmo. Elas, muitas vezes, não se importam com o teu sonho, teria até felicidade em te ver conquistá-lo, mas não se unem por seu ideal.
Sonhar custa, machuca e dói. Mas o bom nisso tudo é que apesar de custar o sofrer, o sonho não se acaba, ele fica ali bem vivinho, pra que um dia Deus te dê o poder de vivê-lo... nem que seja sozinho!