30 de set de 2011

Mendigo


   Hoje, quando estava voltando para casa, de dentro do ônibus avistei um mendigo. Ele era muito, muito sujo. Era uma sujidade preta que estava grudada em toda a sua pele. Ele estava em pé olhando não sei pra onde, mas com uma expressão de que procurava por algo ou de que buscava um sentido para a sua vida.
   A princípio eu tive pena daquele mendigo, mas depois eu pensei comigo: o que eu tenho a mais do que ele?Será que por eu ter comida todos os dias, um teto para morar, várias roupas para vestir, ter sapatos e uma boa cama me faz superior àquele mendigo? Agora fica tudo mais claro.
   Como aquele e tantos outros mendigos espalhados pelo mundo afora, eu não sou nada. Você não é nada. Somos como trapos de imundície, diz a santa palavra do Senhor. E é verdade, a mais pura verdade! Não somos NADA, eu repito. Nem melhor, nem pior do que ninguém.
   Não importa o que tenhamos nesse mundo finito, seja ouro, prata, comida ou água, nenhuma matéria mundana nos faz dignos de algum prestígio. Só a graça, queridos amigos, só a graça de Deus nos faz dignos de alguma coisa. Quando nós jogamo-nos fora e deixamos ele habitar é que passamos a ser um alguém.
   Deseje não ser, nesse momento, apenas um mendigo, apenas um "Zé" ninguém e fale, baixinho, para Deus viver em você...

27 de set de 2011

"Você sabe qual é o motivo do meu sorriso todos os dias? A primeira palavra da pergunta que te fiz."
(Autor Desconhecido)





26 de set de 2011

Contraditório


Existem coisas na minha vida das quais eu detesto e as exterminaria em frações de segundo, se assim fosse possível. Outrora existem também muitas coisas das quais devo me desgarrar completamente, mas que levaria consigo o sentido e a graça de viver.
Contradição mais chata, mais cruel e mais inaceitável essa!
Se não fosse pelo complexo fato de que eu esteja respirando neste momento, tudo isso e um pouco mais não seria necessário. Deve ser? Então será, sem graça, mas será...

24 de set de 2011

disse Jesus





Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.


João 4: 14

22 de set de 2011

Tem gente que é só passar pela gente que a gente fica contente...



...Tem gente que sente o que a gente sente e passa isto docemente. Tem gente que vive como a gente vive, tem gente que fala e nos olha na face, tem gente que cala e nos faz olhar. Toda essa gente que convive com a gente, leva da gente o que a gente teme passa a ser gente dentro da gente. Um pedaço da gente em outro alguém.

Fernando Sabino

21 de set de 2011

A felicidade entrou com o pé na porta e sentou ao meu lado...



"... Eu não estava mais sozinha esperando o espéculo. O trânsito todo parado e ela acena no carro ao lado, depois morre de vergonha e toma bronca do pai para sentar direito na cadeirinha. O dia meio cinzento, vai-não-vai e de repente ela surge amarela e esquenta a vida. Ela mora numa gaveta cheia de bobeirinhas lá em casa.
... Ela toma banho comigo quando a água leva embora coisa ruim e renova a alma e dorme ao meu lado quando eu descanso..."


Tati Bernadi

20 de set de 2011

"Estou cansada, cada vez mais incompreendida e insatisfeita comigo, com a vida e com os outros. Diz-me, porque não nasci igual aos outros, sem dúvidas, sem desejos de impossível? E é isso que me traz sempre desvairada, incompatível com a vida que toda a gente vive."


Florbela Espanca



19 de set de 2011

"A vida deixou de ser uma anedota para mim; não lhe acho graça."

Charles Chaplin


18 de set de 2011

Beco sem saída


Eu preciso tomar uma xícara de fé daquelas bem fortes e sem açúcar pra  vê se essa dor da dúvida, da indecisão e da angústia passa de uma vez por todas. 
Sabe quando você se encontra diante de uma situação na qual você sabe o que fazer, mas também sabe que vai se ferir pra o resto da vida por conta disso e aí acaba não sabendo o que se fazer? Pois é, eu me encontro aí e é bem aí onde o vento faz a curva e me deixa sem ar. Leva tudo consigo, até as poeiras mais incomodantes.
Dá vontade é de mandar tudo ir se danar!
Mas você sente a ponta da agulha lhe cutucando o tempo todo e isso te lembra até do que não te incomodava mais. É um beco sem saída que, na verdade, a gente sabe onde tem a passagem secreta. Daí eu não sei se prefiro ver o que tem por trás da passagem ou se encaro o caminho de volta.
Onde está minha xícara?

16 de set de 2011

Uma dose de Caio Fernando

"Te desejo uma fé enorme, em qualquer coisa, não importa o quê. Desejo esperanças novinhas em folha, todos os dias.
Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo.
Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria.
Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz. As coisas vão dar certo.
Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz – se não tiver, a gente inventa. Te quero ver feliz, te quero ver sem melancolia nenhuma. Certo, muitas ilusões dançaram. Mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas..."

Caio F. Abreu




15 de set de 2011



"Aqueles que mergulham no mar das aflições trazem pérolas raras para cima"


(Charles H. Spurgeon)

13 de set de 2011

Minha diferença

Eu quero muito lutar...


Lutar pra conseguir tudo o que eu quero, tudo que pode ser meu.
Eu sei que não posso nada, mas quem está comigo pode TUDO.
Ele é Deus, o meu Deus.
E ....

... isso faz toda a diferença!

11 de set de 2011


"A vida é sempre a mesma para todos: rede de ilusões e desenganos. O quadro é único, a moldura é que é diferente."

Florbela Espanca

10 de set de 2011

Um dos sonetos mais lindos...





De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinícius de Moraes

9 de set de 2011

À minha moda

Eu nunca fui aquela garota que se preocupa em estar sempre com as unhas feitas e cabelos impecáveis. Nunca liguei pra o que os outros acham da minha roupa ou do meu sapato. Não ando com a bolsa entupida de cremes, maquiagem e outras futilidades que o mundo te impõe, mas sou aquela do tipo que é meu, só meu.
Não sou "A mulher" independente e bem resolvida, que sabe o que tem que fazer e faz na hora que bem entender, estou a caminho disso sem ainda saber se vou chegar lá, ainda assim continuo a caminhar. Talvez eu tropece em alguma pedra que me faça desistir, talvez o tropeço me faça chegar lá mais rápido, eu não sei.
E, num mundo em que a maioria segue o padrão e que a mesma maioria acha que deve ser do jeito que sabemos que é pra ser, não sou eu que "saio ganhando". E sabe de uma? eu sempre serei assim e se for pra "sair perdendo" do meu jeito, então que seja do meu jeito.
Talvez o tipo que sou seja meu maior erro. Ou não.



8 de set de 2011

Dá-me a tua mão


Dá-me a tua mão: Vou agora te contar como entrei no inexpressivo que sempre foi a minha busca cega e secreta. De como entrei naquilo que existe entre o número um e o número dois, de como vi a linha de mistério e fogo, e que é linha sub-reptícia. Entre duas notas de música existe uma nota, entre dois fatos existe um fato, entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam existe um intervalo de espaço, existe um sentir que é entre o sentir – nos interstícios da matéria primordial está a linha de mistério e fogo que é a respiração do mundo, e a respiração contínua do mundo é aquilo que ouvimos e chamamos de silêncio.

Clarice Lispector



7 de set de 2011

5 de set de 2011

.Me.


Há uma dúvida em mim, maior do que muitas outras que achei que seriam o fim...
Deus sabe do que eu tenho feito, Ele, mais do que ninguém, conhece o meu coração e sabe. Ele sabe que tenho tentado fazer o melhor, que tenho buscado dar o melhor de mim em tudo. Tenho buscado acertar e ser feliz em cada escolha. Eu cheguei até aqui e agora não sei que rumo tomar, não sei mais quem sou, porque estou aqui e nem para onde irei. Não sei se ainda sou a mesma, ou se eu nunca fui o que achava que era e, só agora sei disso. Confusão. Isso sim eu conheço. Minha mente não tem mais o que fazer a não ser estar sempre confusa. Choro por saber.
Estou agora indo ao encontro não sei do que. E nessa, espero não me perder ainda mais, pois só quero continuar a tentar.
Deus me ajude a me encontrar.

.me.

3 de set de 2011

Dá-me uma linha de vida ♫



Linda música de Brooke!

Ontem chorei...

... Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa. Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei.

Caio Fernando Abreu


2 de set de 2011



"Deus sussurra a nós na saúde e prosperidade, mas, sendo maus ouvintes, deixamos de ouvir a voz de Deus. Então Ele gira o botão do amplificador por meio do sofrimento. Aí então ouvimos o ribombar de Sua voz."

C. S. Lewis